setembro 28, 2021
Política

Arthur Lira reage contra “absolvição” de Sérgio Moro

Blog do Edivaldo Júnior

Diferentes em quase quando se trata de política em Alagoas e em Brasília, o líder da maioria no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL) e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) tem algo em comum. A perseguição que sofreram do ex-juiz Sérgio Moro.

Nesta segunda-feira (8) ao repercutir a decisão de Fachin (ministro do STF) que devolveu os direitos políticos a Lula, Renan Calheiros disse que “não pode servir para deixar de julgar e jogar para debaixo do tapete a parcialidade do então juiz Sérgio Moro. As responsabilidades precisam ser apuradas.”

A reação de Renan se explica por que traz a decisão de deve livrar Moro do julgamento de “suspeição”.

O presidente da Câmara dos Deputados também se posicionou sobre o episódio. Arthur Lira disse, em seu Twitter, que Moro não merece absolvição: “Minha maior dúvida é se a decisão monocrática foi para absolver Lula ou Moro. Lula pode até merecer. Moro, jamais!”.