maio 16, 2021
Destaque

Assistente social negra será primeira vacinada contra Covid-19 em AL

Foto: Reprodução/Shuttersock

Jornal de Alagoas

Uma assistente social negra do Hospital da Mulher, em Maceió, será a primeira pessoa em Alagoas a receber a vacina contra Covid-19. Marta Antônia de Lima, de 50 anos, receberá o imunizante na manhã desta terça-feira (19) no Hospital Metropolitano, dando início à primeira etapa de vacinação.

Graduada em Serviço Social pela Ufal, Marta atua como supervisora assistencial do Hospital da Mulher, tendo estado na linha de frente do novo coronavírus desde o início da pandemia.

Primeira etapa da vacinação

Essa fase da vacinação engloba servidores da saúde, indígenas e idosos acima de 75 anos, tendo como prioridade os residentes em asilos por conta da situação de vulnerabilidade. Cerca de 34% dos profissionais da saúde serão imunizados nessa etapa.

Dado o início a essa primeira etapa, as doses que estão armazenada no prédio do Programa Nacional de Imunização (PNI), em Maceió, serão distribuídas aos 102 municípios até a sexta-feira (22)

De acordo com o governador Renan Filho, a distribuição será feita de maneira equânime, levando em consideração a proporção da população de cada cidade em relação à população do Estado.

Vacinação no Brasil

A primeira pessoa a receber o imunizante no país foi também uma mulher negra. Trata-se de Mônica Calazans, de 54 anos, que atua na linha de frente contra o coronavírus como enfermeira na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas desde o início da pandemia.

“Estou falando agora como mulher, brasileira, mulher negra, que acreditem na vacina”, pediu a enfermeira, que também foi voluntária na fase de testes da Coronavac, tendo recebido placebo.