maio 17, 2021
Destaque

Demanda por psicólogos cresce 134% em novembro, aponta pesquisa

Foto: Reprodução

REDAÇÃO
Fonte: Assessoria

A pandemia vem afetando tanto a saúde física quanto a mental das pessoas. Segundo uma pesquisa feita pela Vittude em parceria com a OpinionBox, 50% dos entrevistados afirmaram que a crise impactou negativamente sua saúde mental. O estudo também apontou os reflexos físicos desse desgaste: 33% compartilharam que sofriam com insônias; 28% estão mais fatigados e 11% têm perda de apetite.

Para lidar com tamanho estresse, uma das soluções é buscar um psicólogo. De acordo com uma pesquisa feita pelo aplicativo GetNinjas, a demanda por tais profissionais aumentou 134% em novembro em comparação com o mesmo mês em 2019.

O aumento na procura por psicólogos começou a ser percebido com a implementação do atendimento remoto, em março. Nos meses seguintes, a busca continuou a crescer, e o pico de solicitações foi identificado em maio, quando o crescimento foi de mais de 50% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Impacto psicológico da pandemia

Segundo Abel Antonio, que trabalha como psicólogo em São Paulo há 15 anos, as queixas mais comuns de seus pacientes são reflexos diretos de como a pandemia vem afetando a saúde mental das pessoas. “As principais queixas estão relacionadas ao medo de não saber o que vai acontecer em relação ao emprego, a vida, como será esse novo normal que todos falam. Recebi queixas sobre relacionamentos também, muito pelo fato das pessoas terem que conviver sob o mesmo teto por mais tempo, o que faz aparecer mais atritos” comenta o profissional.

Para ele, a demanda por psicólogos continuará a crescer nos próximos meses por conta de uma maior consciência da população sobre questões emocionais que podem ser resolvidas com a ajuda da psicoterapia.