setembro 28, 2021
Absurdo

JHC autoriza Brasken a retomar atividade no bairro do Pinheiro

Da Redação

Parece inacreditável. Mas foi publicado no Diário Oficial do Município nesta sexta-feira, 09, a concessão de autorização ambiental de implantação para a Braskem no bairro do Pinheiro.
O bairro foi o mais afetado pela instabilidade do solo devido ao trabalho de extração de sal-gema.

Mais ainda: milhares de famílias perderam suas casas e esperam até hoje negociação das indenizações. Uma tragédia humanitária sem precedente que a prefeitura ignora com uma licença inesperada e injustificada.

Segundo a determinação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente de Maceió, a implantação tem o prazo de validade de dois anos. O locais determinado foi a Rua Professor Mário Marroquim, no Pinheiro.

A revolta com o decreto se dá ainda por pinto motivo: o prefeito JHC fez toda a sua campanha política explorando a tragédia dos moradores e foi apoiado por associações e entidades que defendem as pessoas afetadas. E, vale lembrar ainda que JHC era o único candidato à prefeitura na última eleição que já havia recebido dinheiro da Brasken: R$ 60 mil quando se elegeu deputado federal.