maio 11, 2021
Política

Manifestantes fazem carreata em Maceió e pedem por impeachment de Bolsonaro


Cada Minuto

Daniel Paulino*

Manifestantes pró-impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), realizaram neste domingo (31), mais uma carreata pelas ruas da parte baixa de Maceió, onde pediam com que os deputados abrissem processo para o impeachment do presidente.

Durante os discursos dos integrantes da manifestação, uma das principais reivindicações e queixas foi contra a atuação do governo federal no combate à pandemia de Covid-19. Além disso, os manifestantes também cobraram explicações sobre os R$ 15 milhões gastos com leite condensado.

O ato, que percorreu a principal via da orla da capital, contou com a presença do deputado estadual, Ronaldo Medeiros, que afirmou em um post através de suas redes sociais que a saída do governo é desejo da maioria. “Do jeito que tá, não dá! A saída do genocida é desejo da maioria”, disse o parlamentar.

A vereadora por Maceió, Teca Nelma, também participou da manifestação de maneira ativa e disse através de um post feito em sua conta no Instagram que o Brasil merece respeito. “Hoje foi dia de gritar #ForaBolsonaro, junto ao movimento @maceiopeloimpeachment. Centenas de carros participaram e eu fiquei muito feliz de ver várias pessoas nas ruas juntando-se a nós nesse movimento que cresce cada dia mais. O Brasil merece respeito! Contem comigo nessa luta ??”, disse a vereadora.

Também participaram do ato, o deputado federal, Paulão, a ex-candidata a prefeitura de Maceió, pelo partido Unidade Popular, Lenilda Luna, entidades sociais, sindicatos e integrantes da sociedade civil. Diferente do que foi registrado em outras capitais, em Maceió, não houve encontro durante o percurso de manifestantes a favor do governo de Jair Bolsonaro.

Durante todo o trajeto, militares da PM e integrantes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), estiveram realizando a escolta e garantindo que nenhuma intercorrência viesse ocorrer. Nenhum transtorno foi registrado.

*Sob supervisão da editoria