setembro 28, 2021
Política

“O que mata é a pandemia”, diz Renan em resposta a Bolsonaro

Na tarde desta quinta-feira (6), a CPI da Pandemia foi novamente atacada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.
  
Em sua live, Bolsonaro afirmou que “frase não mata ninguém, o que mata é desvio de recurso público que seu estado desviou” (sic).

Isso mostra, mais uma vez, o quanto o presidente tem se esforçado para tirar a credibilidade dessa CPI, cujo objetivo é apontar as falhas na gestão da pandemia e criar políticas públicas para melhorar a crise.

O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL), rebateu o ataque do presidente ainda durante a reunião da CPI. 

“O que mata é a pandemia, pela inação e inépcia, que eu torço para que não seja dele, porque nós não queremos fulanizar isso aqui. Com relação ao estado de Alagoas, ele (Bolsonaro) que não gaste seu tempo ociosamente como tem gastado, enquanto os brasileiros continuam morrendo. Aqui, nesta CPI, se houver necessidade, todos, sem exceção, serão investigados”, disse Renan.