maio 14, 2021
Destaque

Ocupação de UTIs Covid supera 80% na maioria dos estados, e STF manda governo abrir leitos

A maioria dos estados brasileiros emitem sinais de colapso na rede de atendimento para a Covid-19. A taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva supera 80% em 17 estados e no Distrito Federal. No domingo, dia em que o país registrou novo recorde na média móvel de mortes , com 1.208 óbitos, pelo menos 781 pessoas aguardavam leitos de UTI em seis estados e no DF.

A pressão sobre o sistema de saúde levou a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, a determinar que o Ministério da Saúde volte a custear leitos de UTI na Bahia, no Maranhão e em São Paulo, a pedido dos estados.

O governo diz que o pedido é “desnecessário”, porque “vem cumprindo com suas obrigações”. O conselho que reúne secretários estaduais de Saúde indica que o número de leitos habilitados pelo ministério caiu de 12.003 em dezembro para 3.187 em fevereiro.

Na manhã de domingo, o presidente Jair Bolsonaro minimizou a falta de vagas: “a saúde no Brasil sempre teve seus problemas”, escreveu em rede social. Ele também compartilhou vídeo de protesto contra restrições impostas no Distrito Federal. À noite, ele reuniu ministros e os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado para tratar de temas ligados à pandemia.