setembro 28, 2021
Brasil

Sérgio Moro “está desmascarado” no Brasil e no mundo

Sérgio Lima/Poder360 - 2.jul.2019

Blog do Edivaldo Júnior

“In Brazil, Judge Sergio Moro and prosecutors perverted the institutional advances of Operation Car Wash by transforming a simple temporary task force into an entity above the law”. O trecho de artigo publicado em dos mais respeitados veículos de comunicação do mundo, o The New York Times, foi usado como exemplo por um dos mais ferrenhos críticos de Sérgio Moro.

O ex-juiz está “desmascarado” aqui e lá fora na opinião do líder da maioria no Senado, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), que também foi o alvo número dois da Lava Jato.

Entre as principais acusações contra a operação, que interferiu nos rumos da política nacional, ao determinar a prisão do ex-presidente Lula, está a produção de provas e ação combinada entre Justiça e Ministério Público;

“A ‘lava jato’ incorporou perversões ao longo dos mais de seis anos de existência. Entre as mais graves estão a transgressão contumaz e o vitimismo, cuja paranoia extrema delirava com o cosmo conspirando diuturnamente contra Curitiba. Os êxitos da operação não apagam as arbitrariedades, a violência contra o Estado de Direito, a ordem jurídica e a afronta à própria democracia. A operação começou a morrer quando Sergio Moro aceitou ser ministro da Justiça”, diz Renan em artigo assinado para o Conjur.

Sobre o artigo no The New York Times, o senador diz que o jornal descreve Moro “como quem corrompeu nosso sistema judicial”.

Renan também faz referência a outro artigo internacional: “O The Economist afirma que ele violou o Estado de Direito. E agora ele trabalha dando consultoria para socorrer grandes empresas quebradas por Moro & Cia.”

Sérgio Moro está desmascarado. Aqui e lá fora. O The New York Times o descreve como quem corrompeu nosso sistema judicial. O The Economist afirma que ele violou o Estado de Direito. E agora ele trabalha dando consultoria para socorrer grandes empresas quebradas por Moro & Cia.

In Brazil, Judge Sergio Moro and prosecutors perverted the institutional advances of Operation Car Wash by transforming a simple temporary task force into an entity above the law, @Gaspard_Estrada writes. https://nyti.ms/3aZVPjo